segunda-feira, 30 de março de 2015

Vídeo: 5 Coisas para Não se Dizer a um Tatuado

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)


Olha só quem apareceu com mais um videozinho pra vocês!
E dessa vez estreando cabelo novo! ^^
Pra quem me acompanha nas redes sociais (Facebook e Instagram) já deve ter visto que cortei o cabelo, mas pra quem não acompanha, pode ver agora pelo vídeo! ^^

Mas enfim, contem-me como foi o final de semana de vocês!
O meu foi quente.. muito quente.. achei que ia derreter.. por aqui tava super abafado, além de muito calor...
Tava sentindo tanto calor que esse vídeo quase nem saiu. Podem até ver que ele ta mais escuro que os outros.. aproveitei a última luz do dia pra fazer ele, se não não ia rolar vídeo essa semana... rs

No vídeo de hoje to falando sobre 5 coisas que não se deve dizer para uma pessoa tatuada. Sério gente.. eu sei que a curiosidade às vezes mata, mas se a pessoa não te der intimidade, não faça essas coisas porque é chato pra caramba!

Enfim, vamos ao vídeo!?




Então é isso gente! Espero que tenham gostado do vídeo! Caso vocês queiram algum vídeo, é só deixar sua sugestão aí em baixo que, dentro do possível, farei para vocês!


Agora me contem uma coisa. Quem aqui tem tatuagem e também já passou por algo do tipo? Deixe aí nos comentários sua experiência! :)


Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

sexta-feira, 27 de março de 2015

Sobre os Sonhos de (nenh)Uma Mulher

Às vezes eu paro e fico imaginando como será o futuro. Até onde eu chegarei. Quem ainda estará por perto. Quem e onde eu já terei conhecido. O que eu já terei feito. E o que eu terei desistido de fazer. E confesso que se tem uma coisa que eu não me vejo é casada/morando com alguém. Eu sempre escuto as amigas, as colegas, as conhecidas e as desconhecidas falando sobre os planos pro futuro. E no final, o sonho de todas elas é encontrar alguém pra passar o resto dos dias. Me sinto até meio ET nessas horas. Será que só eu não quero focar minha felicidade em outra pessoa?

Nós mulheres somos bombardeadas por todos os lados de que só seremos felizes de verdade o dia que encontrarmos alguém que possa cuidar da gente. Nas revistas, nas novelas, na vida nos ensinam que precisamos nos casar um dia. Que precisamos ter filhos e construir uma família. Caso contrário nunca seremos uma mulher de verdade. E aí eu fico me perguntado cadê a coerência desse discurso...

Sabe como eu me vejo no futuro? Morando em algum lugar agradável e dividindo a casa com alguns gatinhos.. Realizando meus sonhos. Sendo alguém livre para poder viver do meu jeito. Sem estresse, sem cobrança, sem carências, sem dependências. Sim, eu sou uma futura candidata a velha dos gatos e isso não me incomoda. Eu sei que isso pode mudar um dia. Talvez eu esbarre em alguém por aí que tenha o mesmo jeito de pensar que eu. Alguém que acredite que não devemos depositar nossa felicidade em mãos alheias. Alguém que acredite que o amor-próprio é o maior dos amores. E que devemos ser completos por nós mesmos. Que quem vier, vai vir para transbordar, mas que quando for embora, se um dia for, jamais irá diminuir e deixar um espaço vazio que precise ser preenchido. E que pense que se por acaso não esbarrar por aí com esse outro alguém, não será uma pessoa inferior, menos realizada ou incompleta. Pois é assim que eu penso. Eu acho que essa busca incessante pela felicidade que dizem só estar no outro só nos torna cada dia mais infelizes e decepcionados. Precisamos acreditar que a felicidade está unicamente em nossas mãos e que a melhor companhia sempre será a nossa. Porque quem não é capaz de ser feliz sozinho, jamais será completamente feliz com outra pessoa.


(Fonte)


Um post para refletir um pouco nessa sexta-feira. Espero que tenham gostado. Desejo a todos um excelente final de semana!

Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

quarta-feira, 25 de março de 2015

TAG: Meu Blog e Eu

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Olha só quem apareceu com mais uma TAG por aqui... Já tem uns dias que fui marcada nela, mas como tinha muita TAG direto, achei melhor dar um tempinho pra poder responder essa aqui. Achei essa TAG muito legal, espero que vocês curtam tanto quanto eu! ^^

Olha, preciso confessar pra vocês que me senti muito amada com essa TAG, porque fui indicada por 3, isso mesmo gente, TRÊS pessoas para responder! E só lindas e queridas que acompanho nesse mundo de blogs! ♥  *emocionada*
Fui indicada primeiramente pela linda da Jaqueline do blog 4sphyxi4 e em seguida pelas outras duas lindas Rúbia, do Nosferotika e Elen, do Femme Toilet.

A TAG é a Meu Blog e Eu, que consiste em responder 8 perguntinhas sobre seu blog e depois indicar mais 8 blogueiras (os) do amor para responder também. Então vamos lá!?




1- Por que você criou o blog?
R: Bom, essa não é a primeira vez que faço um blog. Os outros duraram pouco porque sou uma pessoa meio bipolar, aí um dia acordo de saco cheio do blog e excluo tudo, tudo, tudinho... Prometo tentar não fazer isso com esse aqui... Mas enfim, respondendo a pergunta, sempre que eu crio um blog é porque tenho necessidade de escrever/falar sobre coisas que passam pela minha cabeça. Antes tive um blog que era só de textos autorais. Todo tipo de texto. Tinha crônicas, poesias, textos dissertativos e até projeto de letras de música, tudo onde eu podia expressar minha opinião sobre certo assunto ou apenas falar sobre sentimentos. Acabei enjoando dele e apaguei tudo. Perdi todos os textos, porque não tinha salvo em outro lugar. Já tive um tipo esse de agora, mas como tava por fora do mundo dos blogs (e meio de mim mesma), acabei sendo engolida pelo próprio blog e transformando em um espaço que não era eu sabe.. aí apaguei tudo também... E agora criei esse aqui para poder compartilhar experiências, escrever sobre assuntos diversos, falar do meu trabalho de altmodel e de outras coisas que fazem parte da minha vida. Falar coisas que ficariam meio limitadas no facebook... Então resolvi fazer esse blog de novo, mas dessa vez sem perder minha essência. Preciso confessar que tem sido a melhor coisa da minha vida ultimamente. Um escape mesmo da chata rotina realidade em que to vivendo no momento...

2- Como você escolheu o nome do blog?
R: Nossa gente.. foi uma coisa difícil viu.. porque assim, queria algo diferente, que me representasse e que logo de cara mostrasse do que se trataria o blog. Mas não gostei dos nomes que eu colocava (foram uns 3 ou 4, eu acho). Então resolvi deixar só meu nome mesmo, porque bom, isso me representa. E representa também o blog, já que tudo que falo aqui, trata-se de mim, das minhas opiniões, do meu mundo, dos meus devaneios, das minhas experiências, do meu trabalho, das minhas paixões...

3- Quando seu blog foi criado?
R: Então.. estou colando nessa porque minha memória é muito ruim... rs
O primeiro post, que foi um de apresentação, foi em uma quinta-feira, dia 13/11/2014.

4-  Qual o principal assunto que seu blog aborda?
R: Ah, eu acho que não tem assunto principal. Eu falo de tudo que tenho vontade aqui. Tem de tudo um pouco. Você que tá vendo de fora, acha que tem algum assunto principal no meu blog? rs

5- Quem fez o Layout?
R: O Blogger e eu! haha
Então.. eu peguei um desses layouts prontos que vem no Blogger e personalizei. Fiz a imagem do cabeçalho, do fundo, fui mudando fontes, cores, tamanhos, colocando abas, gadgets e tal até ficar tudo do jeito que eu queria (mais ou menos). Não tenho nenhum conhecimento em HTML, então não poderia fazer o layout inteiro sozinha. Aí fiz só o que dava conta mesmo e o resto aproveitei o que já tava pronto. ^^'

6- Fale um pouco do Layout. O que ele representa?
R: Então.. antes de eu mesma colocar a mão na massa, tinha um layout chinfrim aqui que não representava nada.. só uma decoração qualquer pro blog mesmo. Já o de agora é diferente. Primeiramente, acho que representa superação... haha... Sério gente.. nem em programa de edição de imagem eu sei mexer direito. Nem tenho muita paciência pra isso. E olha só o que eu consegui fazer! (é pouco, tá totalmente amador e não tá 100%, mas foi eu que fiz!!! rs). E de resto, bom, ele representa coisas que eu gosto. Ah! Também quis personalizar um layout de forma que ficasse claro e objetivo. Pelo menos na minha opinião. Coloquei a vista tudo que eu procuro em um blog quando entro pela primeira vez. E deixei o fundo claro com a letra escura para facilitar a leitura (sou míope e sei bem como é essa vida de não enxergar direito e ter as vistas cansadas fácil...).
Plano de Fundo: O fundo listrado em preto e branco, acho que exemplifica bem o mundo que o Tim Burton cria em seus filmes e que eu sou completamente apaixonada. Eu acho aquele clima meio dark, meio místico, meio surreal que ele cria incrível! Os desenhos que eu coloquei em cima das listras também significam coisas que eu gosto. Tem coisas do fundo do mar, como conchas e estrelas-do-mar e coisas que lembram bruxas e o universo dark, como o morceguinho, o chapéu e a vassoura de bruxa e a abóbora.
Cabeçalho: O cabeçalho literalmente representa minha essência. Tem uma lua (escolhi a crescente porque encaixaria melhor no desenho) que com certeza me influencia com sua energia. Tem uma sereia, que significa minha paixão pela água, pelo mar e por seus mistérios. E que também é uma sereia bruxa, por isso o chapéu. E que tem o cabelo vermelho! Cor que eu mais gosto no meu cabelo. E tem o nome do blog. A única coisa que eu ainda sinto falta nessa sereia é a influência da dança... Mas como eu sou péssima com essas coisas e não tenho muita criatividade, não soube como encaixar isso no desenho.. Quem sabe mais pra frente né... ^^
Nossa gente.. a resposta ficou enorme e não sei se consegui explicar bem.. espero que sim... rs

7-Pensa em fazer do blog um trabalho?
R: Olha gente, serei sincera. Logo quando criei o blog, pensei nisso sim, porque meu sonho é trabalhar com uma coisa que eu goste de fazer, que me dê prazer e não tem muita coisa que eu já tenha descoberto que eu goste de fazer. Escrever sobre assuntos do meu interesse é uma coisa que adoro fazer! Só que a medida que fui conhecendo o meio, eu vi que se eu quisesse transformar o blog em trabalho eu teria que transformar um espaço que é meu, que é a minha cara em algo que agradasse a grande maioria e não a mim mesma. Portanto, depois dessa minha reflexão, eu desisti de fazer do blog um trabalho e continuar com ele apenas como um local para me divertir, para falar do que eu gosto e do que eu quero e não apenas do que os outros querem ouvir. Claro que se dentro disso eu ainda conseguir uma renda extra, ótimo, mas não acredito que dentro dessa minha proposta o blog virará um trabalho ou algo que me sustente.

8- O que você diria para as blogueiras que começaram agora?
R: A primeira coisa que você precisa decidir é o que você pretende com seu blog. Você vai querer fazer dele um trabalho? Então seu blog vai ser algo como uma mini revista. Você vai ter que procurar por novidades sempre e, muitas vezes, falar de assuntos que não sejam tanto do seu interesse. Vai ter que ter uma rotina de trabalho, como qualquer outro serviço. Mas se você quiser fazer um blog apenas para compartilhar suas experiências, para se divertir, para fazer amizades, para falar de coisas que você gosta e nada mais, aí é só você ser você mesma sempre! Seja autêntica, sincera e faça as coisas porque gosta e não por ser uma obrigação. Mas saiba que, independente de qual dos caminhos que você escolher, nada acontece do dia pra noite. É preciso paciência e dedicação.

Bom, é isso pessoal! Eu não indicarei 8 blogueiras porque essa TAG tava em alta esses dias e não sei quem já respondeu ou não. Portanto deixo em aberto, quem quiser responder, fique a vontade! :)

Espero que tenham gostado!

Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

segunda-feira, 23 de março de 2015

Vídeo: DIY: Fazendo seu Próprio Choker

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

E aí, como foi o final de semana de vocês?
O meu foi parado como eu tinha dito no post anterior. Mas diferente do que eu falei lá, esse final de semana eu não fiz nadinha de nada. Queria gravar uns vídeos e tal, mas não rolou. A preguiça me pegou mais que o normal e eu fiquei de pijama o final de semana inteirinho, de frente pra TV assistindo desenho. Sim, eu sou uma criança e assisto desenho... E se eu não tava lá, tava no quarto dormindo. Ai gente.. só queria descansar esse final de semana....

Mas enfim, vamos ao post né!? Trouxe mais um videozinho pra vocês. E o vídeo de hoje vai ser um DIY (Do It Yourself - Faça Você Mesmo).

Pensei em fazer esse vídeo pra vocês, porque vejo pelas redes sociais da vida que tem muita gente que não sabe onde encontrar os tão famosos chokers. E como eu tenho achado o precinho desse querido muito salgado ultimamente, resolvi ensinar para vocês como fazer o seu próprio.

Bora assistir?





Materiais Utilizados:

- Um pedaço de elástico ou tira de couro, veludo, cetim, camurça ou outro material que te agrade. O tamanho vai depender do tamanho que você quer seu choker e do tamanho do seu pescoço. Normalmente vende-se no metro e a partir de 50cm você já consegue comprar. Essa minha acho que é de veludo. A cor pode ser a que você quiser.


Esqueci de tirar foto da minha.. peguei essa imagem no google.

- Argolas para bijuteria de 2 tamanhos diferentes. Se preferir, pode ser tudo de um tamanho só. Normalmente vende-se o pacotinho com 100 unidades.


- Fecho (esse modelo chama-se mosquetão). Normalmente vende-se a unidade.


- Terminal para acabamento em bijuterias. Normalmente vende-se a unidade. O tamanho vai depender da espessura da tira/elástico que você irá usar.


- Pingentes. O que você quiser, do tamanho que você quiser. Essa é a hora de você procurar um pingente bem legal pra deixar o choker a sua cara. Normalmente vende-se a unidade.


- Tesoura e alicate para montagem de bijuterias.



- Correntinha para aumentar o tamanho da gargantilha. Esse é opcional. Normalmente vende-se no metro.


Esqueci de tirar foto da minha.. peguei essa imagem no google.



E o resultado será esse:





Bom, é isso pessoal! Espero que tenham gostado do vídeo! Caso vocês queiram algum vídeo, é só deixar sua sugestão aí em baixo que, dentro do possível, farei para vocês!


Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

sexta-feira, 20 de março de 2015

Photoshoot: Editorial Burlesque Fantasy - Belladonna Corsets e Moda-Alternativa - 2011

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Hello everyone, how are you today?
I hope that's everything ok! :)


E aí, animados para o final de semana? Muitos planos?
Eu vou ficar quietinha em casa. Ver se aproveito e gravo mais vídeos pra vocês. Já tem um gravado pra postar, mas quero fazer mais. Tô começando a me sentir mais a vontade falando sozinha. Não que eu já não falasse né, mas é que pra câmera é um pouquinho diferente...

So, are you excited for the weekend? Do you have any plan?
I'll stay at home. I'll enjoy to make some more videos for you. I already have one video ready, but I want to do more. I'm starting to feel better talking with the camera...



Enfim, vamos ao post de hoje né. Hoje vou postar mais um ensaio que fiz. Mas não qualquer ensaio e sim o primeiro que fiz e que foi o pontapé pra eu começar a modelar.

Well, let's to today post. Today I'll post one more photoshoot that I did. But is not any photoshoot, is the first that I have and they was the kickoff for I start to modeling.


Eu já disse aqui nesse vídeo que meu primeiro ensaio foi um que fiz pra loja Belladonna. Foi o primeiro concurso que eles fizeram para eleger modelos que posariam para a coleção do momento. Eu não venci, mas fui uma das finalistas. E nesse primeiro concurso, todas as finalistas posaram para a marca.

I already said in this video (portuguese only) that my first photoshoot was for Belladona. It was the first contest they made to elect models to pose for the collection. I didn't win, but I was one of the finalists. In this first contest, all the finalists posed for the brand.


Não são muitas fotos porque, além do fotógrafo não ter entregado todas as fotos, a pessoa que seria mais fotografada seria a vencedora. As outras fizeram uma "participação especial". Mas foram essas fotos que me fizeram ter vontade de continuar fotografando e ser modelo alternativa pro resto da vida. Pena que não posso viver apenas disso. Seria um sonho realizado. Mas o mercado brasileiro para isso é muito complicado. Assunto pra outro post, se vocês quiserem.

The photoshoot doesn't have many photos because the photographer doesn't deliver all the photos and the person that was more photographed was the winner. The others models did a "bit part". But was these photos that made me want to modeling more. It's a pity I cannot survive for this work. It would be a dream realized. But here in Brazil is so complicated.


Vamos as fotos então?

Let's to see the photos?


Photos by: Lucas Hallel
Make up by: Adriana Costa





Models: Mirella Couto, Me, Letícia Gonçalves, Letícia Birchal

Models: Mirella Couto and I

Models: Mirella Couto and I

Models: Mirella Couto and I

Models: Mirella Couto and I

Models: Mirella Couto and I

Models: Mirella Couto, Me, Letícia Gonçalves e Letícia Birchal

Models: Letícia Gonçalves, Me, Letícia Birchal and Mirella Couto

Models: Mirella Couto, Me, Letícia Gonçalves e Letícia Birchal

Models: Me, Letícia Birchal, Letícial Gonçalves and Mirella Couto

Letícia Birchal, Letícia Gonçalves, Me, Mirella Couto


É isso gente. Espero que tenham gostado!
That's all guys. I hope that you like!


Beijos e até o próximo post! ;***
Kisses and I see you in the next post! ;***

♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥
 ♥ If you like this post, don't forget to follow the blog and comment.
This way you help me on divulgation! :) ♥
Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:

quarta-feira, 18 de março de 2015

Não Indico: Bloqueador Solar Block 2000 - Cheveux Cosméticos

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim!

Hoje o post não vai ser de TAG, viu!? haha
Ainda tenho mais uma pra responder, mas 3 seguidas é de mais né!?

O post de hoje vai ser um pouquinho diferente. Vai ser sobre algo que eu NÃO indico a vocês.
Como eu disse pra vocês, eu serei sempre sincera em minhas opiniões, por isso, nada mais justo do que trazer pra cá também, coisas que eu testei e não aprovei. Assim, caso vocês estejam pensando nesse produto, já tenham uma ideia do que vão encontrar antes. É lógico que no caso de produtos para pele (seja maquiagem, seja tratamento) e cabelo e coisas do tipo o resultado vai ser diferente de pessoa pra pessoa, mas mesmo assim acho válido compartilhar esse tipo de opinião aqui.

O não indico de hoje vai pro Bloqueador Solar Block 2000, da Cheveux Cosméticos.




Como em janeiro eu estava de férias, viajei pra praia com minha família e como na praia a gente fica mais exposta ao sol, estava a procura de um produto bom para me proteger dos raios solares, principalmente os UVA e UVB.

Minha pele é bem sensível a sol então, no meu caso, prefiro os Bloqueadores Solares aos Protetores Solares. Os Protetores, mesmo com FPS mais alto, ainda deixam minha pele com sensação de ardência pós sol. Já com os bloqueadores eu não tenho esse problema, além de eles também não me deixarem bronzear. Não gente, eu não gosto de marquinha de sol. Até porque eu costumo ficar é vermelha e não bronzeada... haha

Mas enfim, voltando ao assunto, normalmente eu uso o Bloqueador da Loreal (que inclusive é da linha Kids), mas não estava achando em lugar nenhum por onde passei, só o protetor. Então fui em uma unidade da Lojas Rede e a menina de lá me indicou esse Block 2000 da Cheveux Cosméticos. Ela disse que era bom e que não deixava a pele oleosa nem grudando.

Na embalagem do produto eles informam que ele é oil free (livre de óleo), então achei que fosse gostar dele e levei um de FPS 50. Mas, para minha tristeza, eu odiei o produto. Ele até que me protegeu relativamente bem do sol. Ao final dos dias de praia eu sentia a pele mais sensível, mas como o sol anda mais forte também, poderia ter sido pior. Pelo menos não fiquei com nenhuma marquinha de sol. Mas mesmo assim, quando eu usava o da Loreal, minha pele não ficava assim tão sensível. E o que eu mais odiei nesse produto é a sensação dele na pele. Eu me sentia suja usando ele. Fiquei toda grudenta. E achei que ele deu a sensação de pele oleosa também. Eu quase conseguia sentir a camada de protetor por cima da pele. Simplesmente odiei! E não acredito que quem tenha a pele mais seca vá sentir muita melhora nele não. Pelo jeito que eu senti, mesmo a pessoa tendo a pele bem seca, acho que teria a mesma sensação.

A textura do produto em si não é pesada não. É mais fina e espalha relativamente bem na pele. Mas depois que passa, parece que o bloqueador encorpa na sua pele e deixa a sensação que eu já descrevi. Ele tem cheiro de algo parecido com Hipoglós, mas um pouquinho diferente. Não achei ruim não. Na pele o cheiro fica mais suave e nada desagradável. Sobre a embalagem não tenho nada a reclamar. E uma embalagem comum de protetor/bloqueador solar.

não sei se vai dar pra vocês verem...

Bom gente.. é isso. Não gostei nem um pouco do produto. Pode ser que alguém dê certo com ele, não sei, mas pra mim não rolou.

E aí, alguém já usou desse bloqueador? O que acharam?

Beijos e até o próximo post! ;***




♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

segunda-feira, 16 de março de 2015

Vídeo: TAG: Dirigir

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

O post de hoje ta saindo um pouco mais tarde porque esqueci de levar o vídeo no pen drive pro serviço, aí tive que esperar chegar em casa... *lerdeza modo on*

Mas enfim, como já deu pra perceber, o post de hoje é mais um vídeo! Finalmente, depois de tanto tempo sem gravar, eu parei de procrastinar, aproveitei que já tava arrumada e gravei um vídeo! Na verdade, um só não, gravei dois, mas o outro fica pra depois.

O vídeo de hoje é mais uma TAG. Foi mal o tanto de TAG gente.. mas é que o pessoal ta me marcando e eu to respondendo pra não me perder... haha
Mas o próximo vídeo não será TAG. Fiquem de olho! Tô pensando ainda se libero ele essa semana ou na próxima. Mas vamos ao que interessa. O vídeo de hoje.

O vídeo de hoje é o da TAG Dirigir. É uma TAG nova e o perfil de divulgação dessa TAG me marcou no youtube pra responder já faz um tempinho, mas como não tava gravando, acabei demorando um pouquinho pra responder... ^^

São 10 perguntinhas, fáceis e rápidas. O vídeo ta curtinho. Bora as perguntas e, em seguida, ao vídeo?

TAG: Dirigir
1- Com que idade você aprendeu a dirigir?
2- Quem dirige melhor, o homem ou a mulher?
3- Que dica você daria para quem está aprendendo a dirigir?
4- Você tem alguma mania ao dirigir?
5- Prefere dirigir na estrada ou na cidade?
6- Você prefere carro automático ou de marcha? Porquê?
7- Já sofreu algum acidente?
8- Alguma vez já dirigiu com problemas nos freios? Caso tenha dirigido, conte como aconteceu.
9- Você dirige de salto?
10- Qual sapato você usou na última vez em que dirigiu? Com ou sem meia?

Agora o vídeo! :)




Perfil que me marcou na TAG: https://www.youtube.com/channel/UC0_mFmEz90jx29tGbgf3ssw


É isso pessoal!

Espero que tenham gostado! ^^

Se quiserem me ver fazendo algum vídeo, é só deixar sua sugestão aí embaixo. Se responderem a essa TAG, comentem aqui com o link pra eu ver também!

Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

sexta-feira, 13 de março de 2015

TAG: Minha Moda

Olá pessoal,tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Finalmente chegou a sexta-feira... o dia mais esperado da semana... haha
O que vocês estão planejando pro final de semana?
Eu quero ver se mando a preguiça embora, paro de procrastinar e gravo uns vídeos e faço umas fotos que já to enrolando faz tempo... haha

Mas enfim, vamos ao post de hoje né!?


O post de hoje é mais uma TAG. Fui marcada pela Jaqueline do blog 4sphyxi4 e achei a TAG bem legal. Eu ia responder em vídeo, mas como ando enrolando de mais pra gravar e já tô com várias outras ideias, resolvi responder por escrito mesmo... ^^

Bora lá conferir a TAG?

1- Qual tipo de roupa você nunca usaria?
R: Olha, difícil usar a palavra nunca, porque eu gosto de experimentar coisas novas e adaptá-las ao meu estilo, mas se tem uma coisa que eu nunca consegui engolir, foi a tal da calça saruel. Aquele modelo deixa a pessoa parecendo que está cagada (foi mal aí quem gosta...). Mas digo nunca porque vai que um dia eu ache uma usável por aí, né...

2- Que tipo de roupa você ama usar?
R: Espartilhos. Desde que não esteja muito apertado... rs
Acho lindo de mais gente! E dá pra combinar com várias coisas transformando o look em N possibilidades... ^^

3- Que estampa você menos gosta ou não gosta?
R: Não gosto de estampas coloridas de mais. Na verdade, tem pouca coisa estampada que eu uso, mas não sei explicar o que eu gosto e não gosto. Só vendo mesmo.

4- Já usou alguma coisa só por ter ganhado?
R: Não sei gente... Pra falar a verdade, eu nunca fui de usar algo que não gostasse. Só mesmo uniforme... haha
Minha mãe, desde que a gente já tinha noção das coisas, sempre deixou eu e minha irmã escolher o que gostávamos ou não de vestir (desde que dentro do orçamento). E como eu sempre fui muito chata pra roupa, eu quase não ganhava isso de presente. As pessoas sabiam que eu era chata e, na maioria das vezes, também erravam no tamanho da roupa. Então se cheguei a usar algo apenas por ter ganhado eu não me lembro...

5- Tomara que caia é...
R: ... legal. Eu gosto pelo menos.

6- Saia ou vestido?
R: Pode ser os dois? Porque assim, depende muito do meu humor... haha

7- O que te dizem ser feio, mas você acha bonito?
R: Nossa.. não consigo pensar em nada no momento. Nunca fui de ligar pra opinião dos outros. Mas acho que coisas rasgadas. Meias, segundas peles, calças, blusas. Acho que isso. A maioria fala que acha feio, mas eu acho legal. E uso.

8- O que seria uma roupa vulgar?
R:  Vulgar é o pensamento das pessoas. Pra mim esse conceito é totalmente machista, afinal o que teoricamente é vulgar pra uma mulher, não é pro homem. Na verdade, nunca ouvi ninguém falando que um homem, com qualquer roupa que seja, ou sem ela, fosse vulgar. Pra mim isso é só mais uma forma da sociedade querer controlar e tomar conta do corpo da mulher.

9- Quais são as quatro cores que você mais tem no guarda-roupas?
R: Preto (claro, óbvio...), branco, vermelho e jeans... (não tenho certeza porque tô longe do guarda-roupa agora...)

10- Quais cores você não tem no guarda-roupa?
R: Pink. E acho que amarelo. (não tenho certeza porque tô longe do guarda-roupa agora...)




Então é isso gente!
Agradeço a queridíssima Jaque que lembrou de mim e me marcou nessa TAG.
Quem quiser responder fique a vontade! Não vou marcar ninguém porque não sei quem já foi marcado em outros blogs... ^^

Um ótimo final de semana pra vocês!

Beijos e até o próximo post! ;***

♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

quarta-feira, 11 de março de 2015

Sereiando Pelo Mundo: Apresentação do Projeto

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Me contem uma coisa, quem aqui gosta de viajar? Quem aqui acha que nasceu pra isso?
Eu amo e, se pudesse, viajaria todos os dias da minha vida. Queria muito um emprego onde eu pudesse trabalhar viajando. Essa rotina de escritório me mata cada dia um pouco mais...

Mas enfim, hoje estou dando início aqui no blog a um projeto sobre viagens e passeios. Esse projeto consiste em trazer pra cá os lugares legais por onde eu passar. Seja uma viagem grande e longe, seja um passeio de um dia pra uma parque ecológico ao lado de casa. Isso vai servir também para eu por em prática uma coisa que falei que faria mais esse ano, que é viajar! Eu não tenho muito tempo, nem muita grana pra viajar sempre que quero, mas sempre que possível, farei isso e passarei por aqui pra contar por onde andei. O que vocês acham disso?

Como eu nunca tinha pensado em nada do tipo antes, eu não tenho fotos adequadas dos lugares que já fui pra postar aqui para vocês. Quando eu era mais nova, eu até tinha mania de tirar foto de paisagem, mas com o passar do tempo, infelizmente, fui perdendo esse costume e hoje não tenho mais fotos dos lugares para mostrar para vocês. Esse projeto vai até ser bom pra eu colocar essa mania em prática de novo, afinal não dá pra confiar apenas na cabeça da gente né.. as lembranças se misturam e um dia não conseguiremos lembrar inteiramente de um lugar, por isso vai ser bom ter essas fotos de recordações.

Enfim, o post de hoje é mais pra apresentar esse projeto mesmo. Vou deixar vocês com uma foto só da última viagem que fiz, que foi pra Guarapari, no Espírito Santo. Como vocês sabem, eu amo praia, mar e tudo relacionado e nada mais óbvio do que ter uma foto como essa para iniciar o projeto. Ela exprime minha admiração pelo mar e, ao mesmo tempo, meu desejo de liberdade (tem a ver com a tatuagem inacabada nas minhas costas).



É isso pessoal. Me contem, o que vocês acharam do projeto? Gostaram da ideia? Espero que sim! E espero que eu consiga levar vocês junto comigo para conhecer os lugares incríveis desse mundão afora! ^^

ATUALIZAÇÃO EM 26/01/2016: O nome do projeto foi alterado de "Por Aí no Mundo" para "Sereiando Pelo Mundo".

Beijos e até o próximo post! ;***


♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥
Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:

segunda-feira, 9 de março de 2015

Wishlist: Porque Eu Desisti de 2 Itens da Minha Wishlist #1

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

E aí, como foi o final de semana de vocês? O meu foi paradinho... rs

Vocês viram que o blog ta de cara nova? Tô tão orgulhosa de mim, porque foi eu que fiz tudo...
Claro que ficou super amador, afinal de contas não entendo nada dessas coisas. E também usei um layout pronto do blogger, mas o resto foi tudo eu. Plano de fundo, imagem do título, personalização do layout...
Esse é provisório também, até o outro ficar pronto, mas é que não estava mais aguentando do jeito que tava.. não tinha a minha cara aquele outro... rs
Enfim, o que vocês acharam? (não sejam duros comigo hein, como eu disse, não sei mexer em nada desses trem direito... haha)

Enfim, vamos ao post de hoje então né. O post de hoje vai ser sobre o porque que eu desisti de 2 itens da minha wishlist (quem não viu o post da wishlist é só clicar aqui).




Como vocês podem ver pela imagem, os itens dos quais eu desisti são produtos da Lime Crime. E é por esse mesmo motivo que vou explicar que vocês não verão resenhas minhas sobre produtos deles aqui no blog.

Bom, o que aconteceu pra eu desistir de adquirir produtos da Lime Crime começou com o último escândalo que envolveu a loja. Antes, eu nunca tinha pesquisado a fundo sobre a marca. Eu sei que um belo dia descobri os produtos deles e fiquei encantada. A partir daí, todos entraram pra minha lista de desejos. Só que, recentemente, a marca se envolveu em um escândalo onde o e-commerce da loja foi hackeado. Isso segundo eles. A partir daí, surgiram vários comentários na página do facebook e no instagram deles criticando a segurança do site, criticando os produtos que não são tão bons quanto apresentados, criticando as atitudes da fundadora Doe Deere e criticando as atitudes de quem lida com as redes sociais da marca. Muitas pessoas estavam sendo xingadas, bloqueadas e excluídas das redes sociais apenas por expressarem sua indignação diante do acontecido. E o que aconteceu foi que com o ataque hacker, várias pessoas tiveram suas contas nos bancos zeradas. Teve gente (não uma só pessoa, mas várias) que até mesmo acusou a fundadora de ter feito de propósito pra ficar com a grana.

Eu como leiga que era sobre os escândalos da marca, fui procurar o porque de as pessoas estarem com tanta desconfiança e acabei achando coisas absurdas na internet. Achei sobre o escândalo das maquiagens de outras marcas que estavam apenas sendo reembaladas e vendidas como se fossem feitas pela própria Lime Crime. Achei gente falando que a marca não era vegana igual anunciava. Achei sobre coisas do passado da Doe que não são tão legais. Achei gente reclamando de preconceito. Achei bastante coisa relevante. Achei até mesmo um perfil no tumblr onde tem, aparentemente, depoimentos de várias pessoas que passaram por situações constrangedoras com a marca ou sua fundadora. Pelo que eu entendi, essa coisa de hackear conta de banco dos clientes já tinha acontecido antes e as pessoas que reclamavam eram simplesmente banidas das redes sociais. Mas como dessa vez o rombo foi maior, muita gente envolvida, eles deram ouvidos e, segundo eles, estão fazendo algo a respeito. Ou seja, achei coisas que nos levam a entender que a Lime Crime foi construída a base de mentiras.

Lógico gente, óbvio, que não dá pra acreditar em tudo que se lê na internet, porque a gente sabe como esse mundo virtual é cheio de haters. E lógico que eu fui peneirando as coisas a medida que ia lendo. Mas sinceramente, eu não acredito que seja tudo mentira. Se vocês quiserem saber mais, façam uma pesquisa rápida no Google e verão o que eu vi. Eu estava acompanhando o último acontecido pelo instagram da marca e fui ficando cada vez mais decepcionada. Eles não tiveram consideração nenhuma com seus clientes. E foi aí que eu desisti de adquirir qualquer coisa da marca. Foi uma decisão que me deixou bastante chateada, porque eu realmente era doida com os produtos deles, mas eu simplesmente não posso apoiar uma marca que faz o que eles fizeram.

Depois de tomar essa decisão, me deparei com esse post da lindíssima Tanja do blog Rose Shock.
Resumindo o post dela que tá em inglês, ela conta que era patrocinada pela Lime Crime há bastante tempo, que sempre foi muito bem tratada por eles, que gostava muito da marca, mas que não imaginava que eles poderiam fazer isso. Ela estava bastante decepcionada. Anunciou o fim da parceria, pediu desculpas as pessoas que conheceram a marca através dela e adquiriram produtos também e disse que não teria mais nada no blog relacionado a marca. Depois que li isso, só tive mais certeza da minha decisão.

Enfim, é isso gente. Pra quem também adorava a marca e depois dessa resolveu desistir dela assim como eu, sempre que eu descobrir produtos bacanas, semelhantes ao da marca, eu farei resenha aqui pra vocês. Vocês também podem acompanhar a Tanja do Rose Shock no instagram e no facebook, que ela também ta dando dicas de produtos semelhantes. E vale conhecer o trabalho dela que também é incrível! ^^

Bom, então esses são meus motivos. Eu tenho um batom da marca que vou continuar usando, porque já comprei mesmo né. E ele não foi tão baratinho pra eu simplesmente jogar fora. Mas não apoiarei mais a marca. Não quero ter minha imagem associada a algo assim. E como eu sou sempre sincera aqui no blog em relação à minha opinião, resolvi compartilhar isso com vocês.

A partir do que estão sabendo, vocês são livres para também tomarem suas decisões. Eu jamais vou criticar quem quiser continuar comprando e apoiando a marca, porque acho isso pessoal, mas essa foi a minha decisão.

Beijos e até o próximo post! ;***


♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥
Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

sexta-feira, 6 de março de 2015

Música: The Civil Wars

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Hi guys, how are you today?
I hope that's everything ok! :)


Finalmente é sexta-feira, hein!?
A semana até que passou rápida, mas confesso que ando muito cansada dessa vida chata, do meu serviço chato e desses dias chatos. Por isso gosto tanto dos finais de semana... ^^

Finally it's friday!
This week was so fast, but I confess that i'm so tired of this boring life, of this boring work and of this boring days... That is why I like so much the weekends... ^^


O post the hoje vai ser sobre música. O que eu gosto mesmo e normalmente escuto é rock. Mas de vez em quando eu descubro algumas coisas legais fora do estilo e que eu gosto bastante. É o caso da banda de hoje. Descobri num grupo de whatsapp, quando uma linda falou de uma música deles que não saía da cabeça dela. Então fui procurar a tal música. Adorei. Então fui procurar outras músicas. E gostei também! Gostei tanto, que nos últimos 2 dias é a única coisa que escutei... rs

Today's post is about music. What I like and normally listen, is rock. But sometimes I discovered some good bands in others genres and that I like so much. This is the case of today's band. I discover them by a indication in a whatsapp group. A beatiful girl talked about a music of them and I listened. I loved the music. So I listened others musics. And I also loved. In the 2 last days, are the only musics that I listen... rs


Na verdade, não é uma banda. É um duo. The Civil Wars é formado por Joy Williams e John Paul White. No facebook deles, o estilo está definido como música americana, folk, pop, alternative, country, rock, soul.

In fact, it's not a band. It's a duo. The Civil Wars consisting of Joy Williams and John Paul White. On their facebook page, the genre is determined like americana, folk, pop, alternative, country, rock, soul music.





No canal do youtube deles, existem músicas próprias e reinterpretações. Estou adorando!

On their youtube channel, there are copyright musics and reinterpretations. I'm loving!


Separei para vocês 3 músicas que gostei muito. 2 próprias e 1 reinterpretação. Se gostarem, depois é só procurarem mais músicas.

I selected for you 3 musics that I like so much. 2 copyright and 1 reinterpretation. If you also like, you can search more musics.












É isso gente. Espero que tenham gostado!
That's all guys. I hope that you like!



Beijos e até o próximo post! ;***
Kisses and I see you in the next post! ;***

♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥
 ♥ If you like this post, don't forget to follow the blog and comment.
This way you help me on divulgation! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:

quarta-feira, 4 de março de 2015

Photoshoot: Nature Fairy

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Hi guys, how are you today?
I hope that's everything ok! :)


O post de hoje vai ser mais um de photoshoot.

Today's post will be one more about a photoshoot.


Esse ensaio  já é mais antigo. Do começo de 2014, mas como o blog é novo, aparecerão alguns ensaios antigos por aqui também.

This photoshoot is a little old. It's the beginning of 2014, but how the blog is recent, some old photoshoots will be appear here yet.


A ideia do ensaio era ser algo mais leve na natureza. E o resultado vocês podem ver a seguir.
Com vocês o ensaio: Nature Fairy

The idea of the photoshoot was something light in nature. And the results you can see below.
With you the photoshoot: Nature Fairy


Photos by: Michael Ferreira (apenas a primeira foto) e Drielle Vasconcelos
Make up by: Drielle Vasconcelos




















É isso gente. Espero que tenham gostado!
That's all guys. I hope that you like!


Beijos e até o próximo post! ;***
Kisses and I see you in the next post! ;***

♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥
 ♥ If you like this post, don't forget to follow the blog and comment.
This way you help me on divulgation! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

segunda-feira, 2 de março de 2015

Livro: Azul Corvo - Adriana Lisboa

Olá pessoal! Voltei! ^^
Ainda to meio na bad do desânimo, mas vou tentar não abandonar o blog...
Mas e aí, tudo bem com vocês? Espero que sim! :)

Hoje vim trazer mais uma resenha de livro pra vocês. O livro da vez é o Azul Corvo, da escritora brasileira Adriana Lisboa.

Antes de qualquer coisa, queria destacar que a literatura brasileira tem muito, mas muito, mas muito livro bom mesmo! Precisamos tirar da cabeça que literatura brasileira são só aqueles livros "chatos" que os professores nos obrigavam a ler. Para começo de conversa, nem todos os livros eram chatos e segundo que existem milhares de novos escritores no mercado que merecem nosso precioso tempo lendo seus livros. É sério gente, tem muita coisa boa. E esse livro é a prova disso!

O livro é um romance que conta a história de personagens que estão em busca de si mesmos e que mostra como estabelecemos nossos lares e construímos nossas famílias. No meio da história, ainda nos deparamos com revelações obscuras do passado recente do nosso país: os horrores da ditadura.

Abaixo a sinopse:

Após a morte da mãe, Evangelina, uma menina de apenas 13 anos, troca Copacabana pelo Colorado, nos Estados Unidos, onde vai morar com seu padrasto Fernando. Sobre seu verdadeiro pai, ela sabe apenas que é norte-americano e que pode estar em qualquer lugar do mundo. Mesmo assim, está decidida a encontrá-lo.

Ao deixar o Rio de Janeiro para morar em Lakewood, Vanja sente que está na interseção entre dois mundos, mas não pertence exatamente a nenhum deles. Viajando em busca do pai e mergulhando nas lembranças das pessoas que a cercam, ela tenta encontrar o seu lugar.

Aos poucos, a menina começa a se aproximar de seu padrasto e, por meio dessa nova amizade, descobre detalhes obscuros do passado recente do Brasil. Ex-guerrilheiro no Araguaia, ele viveu na pele a violência da ditadura. Agora, compartilha com a enteada as terríveis verdades que foram maquiadas para entrarem na história "oficial" do país.


 Capa do Livro (fonte)


Gente, achei esse livro incrível! Além de nos mostrar fatos importantes e que muitas vezes nos foram escondidos nas páginas não publicadas dos livros de história, ele conta a história de como uma menina de 13 anos de idade e recém-órfã de mãe constrói seu lar e uma bela amizade com um cara que já andava meio desiludido da vida. Mostra como as pessoas estão sempre em busca do seu próprio eu e como estabelecemos laços de amizade, amor e fraternidade ao procurar o que um dia poderemos chamar de lar.

Super recomendo a leitura!

Ah, gente, ajustei a largura do blog (obrigada Sana ♥) pra colocar as imagens maiores. O que acharam dessa mudança? Ta melhor ou pior?

Enfim, é isso gente. Espero que tenham gostado!

Beijos e até o próximo post! ;***


♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |