quinta-feira, 23 de abril de 2015

Bate-Papo #1

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

Eu sei que to sumida, que não posto nada desde sexta-feira passada (dia 15/04) e que hoje, teoricamente, não é dia de post novo, mas é que como já comentei aqui uma vez, não quero fazer do blog uma obrigação. Quero postar algo quando eu to inspirada a escrever. Eu não tenho o costume de programar posts porque eu gosto de escrever o que to com vontade no dia. Por isso, pensando um pouco mais nessa questão, eu resolvi mudar uma coisa no blog. Os posts não sairão mais todas as segundas, quartas e sextas. Os posts sairão no dia que eu estiver afim de escrever. E isso significa que podem haver semanas em que teremos posts todos os dias, mas ao mesmo tempo podem haver semanas onde não teremos nenhum post. Não que os outros posts que eu já fiz fossem sem vontade, pelo contrário, os outros que já existem sempre foram escritos na maior boa vontade e animação. Mas é que como coloquei pra mim essa regrinha de postar toda segunda, quarta e sexta, às vezes tinha dia que eu queria escrever alguma coisa e não era dia de postar, então eu desistia. Por isso essa mudança. Agora vou postar ou deixar de postar sempre que eu tiver vontade. Afinal de contas isso aqui é meu e eu tenho que fazer do jeito que tiver vontade, não é mesmo?

Meu sumiço nessa última semana se deu, inclusive, por essa minha falta de vontade de escrever. Eu tô cheia de coisas que quero postar aqui pra vocês, mas não tava no clima, entendem? Eu abria essa página aqui do quadro em branco pra digitar e simplesmente não tinha vontade de escrever, mesmo com as coisas que ainda quero postar por aqui na cabeça. Não tinha nem mesmo muita vontade de ler post de outras pessoas.. tava nuns dias de total desânimo... e pra juntar com meu desânimo ainda foi feriado emendado aqui... (normalmente quando tô em casa, morro de preguiça de ligar o computador, porque já fico sentada de frente pra um o dia inteiro... inclusive faço os posts e visito outros blogs aqui do serviço quando tenho tempo livre, o que é quase sempre ultimamente. Mas em breve isso deve mudar e, se eu quiser continuar acompanhando os blogs e mantendo isso aqui atualizado, terei que ligar o computador em casa sim... rs).

Mas enfim, acho que tenho andado meio desanimada com minha vida sabe. E pior, sabe quando você está num caminho que não gosta, mas não consegue achar uma saída dele. É tipo do jeito que tenho me sentido. Tenho me sentido sufocada o tempo inteiro. Não tenho mais suportado meu trabalho. Não que o lugar ou as pessoas daqui sejam ruins, mas to tão cansada dessa rotina que só de olhar pra cara das pessoas to ficando irritada. Eu me sinto presa, enjaulada aqui. Como se a vida estivesse acontecendo lá fora e eu aqui, perdendo tudo presa nesse escritório encardido branco e sem graça. E aí eu penso em sair, mas se eu sair como vou arrumar dinheiro pra fazer as outras coisas que eu gosto? De onde vou tirar dinheiro pra pagar minhas aulas de dança, pra viajar, pra comprar alguma coisa que eu quiser, pra sair com os amigos, pra fazer um curso interessante e outras coisas? É complicado... meio que uma faca de dois gumes... se sentir livre e com tempo suficiente pra fazer as coisas que gosta, mas sem dinheiro pra poder realmente fazê-las ou continuar se sentindo presa, enjaulada, sufocada, com vontade de morrer às vezes e ter um curtíssimo tempo pra fazer tudo que eu quero, mas com dinheiro pra poder realmente fazer essas coisas?

Aí vocês viram e falam: "Mas Mone, a vida não é 8 ou 80. Você pode tentar arrumar um outro emprego onde não se sinta sufocada e ainda consiga ter dinheiro pra fazer suas coisas." E aí eu respondo que você provavelmente não conhece a sociedade preconceituosa em que vive. Se eu sair desse emprego, provavelmente não arrumarei outro tão cedo. Eu sei que é só um "se", mas é um "se" muito provável de acontecer porque eu vivi ele na pele. Antes de arrumar esse emprego, que na verdade foi tipo um concurso, eu já tinha me candidatado a várias vagas. Poucas chamavam para a entrevista e as que chamavam logo dispensava pra próxima fase. Eu sentia o olhar reprovador dessas pessoas ao olharem pra mim. Foram uns 2 anos (ou mais) tentando arrumar um emprego e nada dava certo. Até que fui chamada pra esse, que como disse foi tipo um concurso. Até hoje eu acredito que se não tivesse sido dessa maneira, eu ainda estaria desempregada...

E pra piorar a situação dessa complicação em arrumar um emprego, eu não consigo decidir o que quero pra minha vida. Não consigo descobrir no que eu gostaria de trabalhar, para assim talvez achar algo que me faça pelo menos um pouco feliz profissionalmente... tá osso viu...

Espero que essa "fase" passe logo e que eu possa ver sentido na vida de novo o mais rápido possível, porque ultimamente não tenho visto muito sentido em nada. Acho que entrei no modo automático. To apenas sobrevivendo e não vivendo de verdade.

Mas enfim, é isso gente. Sei que ficou um texto enorme, mas não vou pedir desculpas por isso. Criei meu blog para poder me expressar do jeito que tiver vontade e não para as pessoas ficarem me limitando em linhas ou assuntos. De qualquer forma, gostaria de saber o que vocês acham de posts nesse estilo bate-papo. Eu, particularmente, gosto bastante. Sempre que vejo algum blog fazendo posts nesse estilo conversa e/ou desabafo, já vou logo ver. Na vida real já tem faltado tanto amor e interação entre as pessoas, porque deveria ser tudo tão superficial por aqui também, não é mesmo?


uma foto qualquer de um dia qualquer desses aí pra trás só pra ilustrar o post... ^^


Beijos e até o próximo post! ;***


♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Vamos interagir! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

34 comentários:

  1. Antes de tudo... que cabelo LINDO, Mone! Amei o tom, que cor está usando (e a marca)?

    Também sigo o mesmo pensamento, só consigo escrever quando há realmente ALGO para ser escrito - e se estiver com vontade, porque né, nada pior do que fazer algo de má vontade - ainda mais em um blog, que querendo ou não é um cartão de visita do nosso estilo de vida...

    Me li no seu texto (não foi um me VI, foi um me LI mesmo) aheuaheuae

    Também me encontro num ambiente de trabalho NADA A VER com o que busco, e infelizmente as portas se fecham para alternativos. O preconceito diminuiu, mas infelizmente ainda não foi extinto.

    Às vezes tento esquecer essas reclamações inevitáveis (pois quem sente na pele SABE que não é preciso nem falar, só de viver a bad o cérebro apita o tempo todo que estamos insatisfeitos aheuahe), sabe?

    Tem dias que entro no automático, faço o que tenho de fazer, tiro minhas pausas pro cigarro (que ajudam MUITO) e quando o expediente encerra, minha vida começa.

    Engraçado ler teu post logo agora, pois eu estava pensando em escrever sobre isso ONTEM aheuhaeauh..

    Enfim, boa sorte aím gatan =)
    Espero que as coisas mudem para melhor.

    Beiiiijo,

    Hell ;*


    Faroeste Manolo

    Página Facebook


    *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! ^^
      Aí ele ta com edições do Instagram, mas o vermelho que eu uso é o 0.6 da Amend. Nessa foto ele já tinha desbotado um pouquinho também. Mas eu amo o vermelho dessa marca! ^^

      Sim sim.. pior coisa é ser obrigado a fazer algo sem vontade.

      Pois é menina.. o povo fala que não tem mais preconceito, mas deixa só um tatuado de cabelo colorido procurar emprego pra ver... a cara feia ainda dá raiva...

      Sei.. sei sim... meu cérebro já ta até bugando com esse alarme viu... rs

      Poxa.. eu fico meio chateada por não ser a única que ta passando por esse tipo de coisa porque isso demonstra como a sociedade em que vivemos está cheia de falhas.

      Mas enfim, obrigada boa sorte pra você também! ^^

      bjin

      Excluir
  2. Olha, essa angústias são mais comuns do que você imagina ,viu Mone?
    Os desejos de fazer mais e sair loucamente pelo mundo sem eira e nem beira, esse desejo de expansão é tão compreensível quanto a sua necessidade de manter o trabalho que lhe paga o ordenado do mês.
    Não tenho uma solução para te dar, apenas um ombro amigo que entende e que está em situação bem próxima.... Mas se as palavras me permitirem, nunca desista de ser quem você é, o preço a se pagar por isso é alto, mas sua índole estará firme ao seu lado para sustentá-la por todo o percurso.
    Bjoss e se cuide!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é menina.. percebi por esse post e pelo comentário das pessoas que esse sentimento é uma coisa muito recorrente.. isso me deixa chateada, porque demonstra como as pessoas andam insatisfeitas com o mundo e não conseguem melhorá-lo...
      Pode deixar, se tem uma coisa que jamais penso em fazer é desistir de quem eu sou, por mais que o percurso seja longo e cheio de obstáculos. ^^
      bjin

      Excluir
  3. Sabe, meio que me identifiquei com seu texto-desabafo. A vida não tá fácil não, está difícil trabalhar e até estudar. Tenho 20 anos, não tenho ideia do quero ser, faço uma faculdade que não é minha praia, estou desempregada a um ano, vivo bem mas me sinto mal por isso, sabe. É como se faltasse algo, como se eu não fosse sair disso nunca, sinto falta da minha independência financeira, as vezes da vontade de jogar tudo pro alto e sumir, mas aí lembro das pessoas que estão ao meu redor e que me amam e tento mais uma vez. É barra, mas é assim que é.
    Que a vida seja legal com a gente!
    Beijos gatona, boa sorte.

    http://outinsid.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente assim...
      Eu também me formei em um curso que definitivamente não é o que quero fazer... e agora me sinto estacionada na vida sem saber pra onde ir... tenso né!?
      Mas boa sorte pra gente! Um dia isso tem que melhorar! ^^
      bjin

      Excluir
  4. cctz você encontra uma saída, não desanime linda..

    ResponderExcluir
  5. cara, eu to na MESMA que vc, to trabalhando numa loja que suga todas minhas energias, me sinto presa sem vontade de fazer mais nada qndo chego em casa, fico em pé das 7:30 às 19 hs 6 dias por semana, fico morta de cansaço, mas simplesmente não posso me dar ao luxo de ficar desempregada D:
    que tenhamos mais boa sorte no setor profissional daqui pra frente!
    bjs!!

    http://eccentric-beauty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos em uma coisa eu tenho sorte, trabalho sentada o dia todo e 5 dias na semana. Mas eu queria um emprego onde esse tipo de coisa não me fizesse diferença sabe.. um emprego que eu simplesmente não me importasse de trabalhar sábado, domingo, feriado, ficar tempo a mais e coisas do tipo por gostar do que estou fazendo... daqui só tenho vontade de fugir e eu já chego no serviço contando as horas pra ir embora... E isso acaba me sugando as energias também, tanto que quando chego em casa também não tenho ânimo pra nada mais...
      Mas é como você disse, não posso ficar desempregada. :/
      Mas boa sorte pra gente! Um dia isso tem que melhorar! ^^
      bjin

      Excluir
  6. Mone, adorei o post bate papo, faça mais vezes (:
    e quanto ao não saber o que fazer da vida, é normal, muita gente até mais velha que você não sabe até hoje o que quer fazer! já passei por isso tb assim que terminei o ensino médio e não sabia o que queria fazer até conhecer o meu curso! não se preocupe, uma hora o seu amor desperta por alguma coisa, você vai ver! e quanto ao serviço, eu aconselho você ir procurar alguma outra coisa e quando achar aí sim você sai desse, tb já passei por isso e foi assim que eu fiz, procurei outra coisa que me interessava e depois pedi a conta!
    é isso .. e quando tiver post novo por aqui, me avisa lá no meu blog (:

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, com certeza farei sim! ^^
      Nossa.. mas o que eu gosto ta bem escondido viu, porque já pesquisei de tudo e nada me da vontade de fazer.. tá difícil...
      Mas eu faço isso.. sempre que aparece uma vaga que parece interessante, eu mando currículo, mas nunca tenho uma resposta... nada da certo...
      Mas vou continuar tentando.. é o jeito né!? ^^

      Ok! Aviso sim! :)

      bjin

      Excluir
  7. Eu ADORO posts assim, pode mandar mais que eu leio! HAHA

    Realmente, o mundo do trabalho não é fácil. Nunca trabalhei na vida, não porque nunca tentei, mas porque nunca me chamaram pra nenhuma entrevista, apesar dos mil e um currículos que enviei. Agora tô focando na faculdade, quem sabe pego em estágio mais tarde, e tudo se resolve de um jeito ou de outro. Assim espero, ao menos.

    E também espero que isso seja só uma fase, e que você consiga se reanimar com seu emprego. Eu não sei com o quê você trabalha, mas imagino que deva ser bem monótono às vezes. Dependendo de onde você trabalha, dá pra inovar alguma coisa... Tenho um amigo que trabalha numa gráfica e ele tá sempre fazendo coisas novas... Mas né, gráfica exige mesmo criatividade. Não sei se o teu trabalho permite isso.

    Beijinhos ;*
    Nighght

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, com certeza farei mais sim! ^^

      Tomara que tudo dê certo pra você! Também espero que seja assim. ^^
      E eu sei bem como é enviar milhões de currículos e não resultar em nada.. super tenso isso...

      Olha.. me reanimar com esse emprego aqui acho meio difícil.. o negócio é continuar a busca por outro, porque esse aqui já deu o que tinha que dar. Eu trabalho como suporte administrativo em uma Fundação que oferece cursos. Mas é tudo ligado ao Estado. E isso é um saco. Não dá pra inovar aqui. É tudo super burocrático e engessado... não quero nunca mais trabalhar em coisas relacionadas ao estado... Mas mesmo assim obrigada pela dica! ^^

      bjin

      Excluir
  8. Poxa vida, seu texto me comoveu! Primeiro: escreva mesmo quando der vontade e isso não é da conta de ninguém. Eu mesma não faço do meu blog uma obrigação, porque se não eu sei que eu vou enjoar dele e acabar desistindo. Então, te entendo muito! Segundo: eu sei que você me acompanha bastante e as vezes corre pra ler todos os meus textos, mas não se sinta obrigada tá? Eu sou sua amiga (não sei se posso dizer assim, depende do seu ponto de vista) independente de você comentar em tudo, ou ler. (Ainda mais pra uma escritora maníaca que nem eu! xD) eu adoro ter você por lá, mas quero que você esteja bem em primeiro lugar! <3 E terceiro, essa questão do trampo: eu já fui bem desanimada também por viver numa rotina sufocante, acabou que não aguentei e acabei saindo mesmo. Eu entendo o quanto deve ser difícil conseguir um trampo numa cidade menor, com nosso visual alternativo e o monte de cabeças pequenas que ainda existem no nosso querido país, mas é inevitável manter pensamentos positivos para o universo lhe retribuir. Mesmo ainda neste, já envia currículos, quem sabe né? Ou tenta mais concursos! A saída que encontrei foi me desvencilhar mesmo daquele emprego que estava me sufocando e drenando a minha saúde, mesmo que ficasse um período indefinido desempregada ou sem grana. (Eu não sou tão consumista, então, não sofri muito com a parte de "ficar sem as coisas"). Digamos que hoje ainda tô meio que nessa, pois ganho bem pouco quando faço uns frelas, mas percebi que sou bem mais feliz! E agora, para não ficar parada, fico investindo fortemente na minha formação, porque independente do lugar que eu vou, posso mostrar meu trabalho, portfolio, conteúdo e brigar por reconhecimento para conseguir algo bom. Você tem que ter certeza do potencial que você tem e ELEVAR isto, se não a vida vai continuar te fazendo sentir diminuida! Vamos lá meu amô, cabeça pra cima, uma mulé tão linda dessas não pode ficar se sentindo assim não, protesto!!! No mais, se não estiver dando certo mesmo, vembora pra Sampa. Eu sou louca pra fugir daqui, mas reconheço que aqui tem espaço pra todo mundo, e é um pouco mais tolerante com os alternas! Bom, acho que já falei demais, e desculpa se me intrometi em alguma questão delicada, o que queria mesmo era te animar, e espero ter conseguido isso! <3 Desenvolve sua intuição, fortalece seus pontos fortes e não desiste não! Como você mesmo disse pra mim, ainda somos muito novas! Bejin
    4sphyxi4.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te considero como amiga sim ^^
      Então.. eu não comento nem leio nada obrigada. Aí quando tô nessas bad vibes, não vou no blog de ninguém, por isso às vezes sumo. Mas aí quando a vontade de ler os blogs alheios volta, eu começo a ler de onde parei até atualizar tudo, entende? Por isso tem dia que aparece 50 mi comentários meus em todos os posts novos do blog... rs
      Relaxa que não to lendo nem comentando nada obrigada não! ^^

      Eu tento viu.. porque sei que pensamento positivo sempre melhora as coisas, mas às vezes é difícil... Mas eu faço isso. Sempre que aparece uma vaga que parece bacana, eu envio currículo, mas nunca resulta em nada...
      Concursos? Tô é fugindo... acho que um dos motivos de eu não gostar de trabalhar aqui é por ser tudo tão burocrático e engessado. A gente nunca pode tentar algo novo em nada. (Eu trabalho em uma Fundação relacionada ao Estado). E concursos normalmente é para o Estado ou para empresas que tem a mesma maneira de trabalhar. E eu não tenho a mínima vontade de continuar trabalhando em lugares assim...

      Pois é.. eu sou meio consumista, mas não teria problema em parar minhas compras pra sair daqui. Mas e minha dança? E viajar? E sair com os amigos? Infelizmente o mundo gira em torno do dinheiro... Se a gente não tiver, não faz muitas coisas... e ainda tenho o plano de saúde do meu pai também né... complicado ficar sem o dinheiro...

      Mas aí que tá.. pra quê eu tenho potencial? No que eu poderia mostrar isso... como disse, essa coisa de não saber o que se quer da vida só piora a situação...

      Já pensei muitas vezes em ir pra São Paulo, mas confesso que hoje em dia já não é minha vontade mais.. eu to querendo paz e tranquilidade e isso, definitivamente, não é algo que tenha muito por aí... rs

      Falou nada amore.. se quiser pode falar mais! rs
      E não intrometeu em nada não. Tudo que eu falei, ficou aberto para debate mesmo. Se não quisesse falar sobre, não teria falado no post. ^^

      Obrigada! ♥
      bjin

      Excluir
    2. Com relação à tranquilidade de Sampa, você já está cansada de ouvir a minha opinião sobre lá no meu bloguinho, né? Hauhauha! Sou suspeita pra falar, mas ainda admito que aqui é um bom lugar pra nós, alternativos. Mas em primeiro lugar, concordo com você! E poxa, analisa bastante e vê se não é o seu pensamento de enviar já pensando que vai dar errado que pode estar atraindo isto pra você sabe, porque tipo, eu acredito muito em frequência de pensamento, e nem como forma mística, como física mesmo e então, acredito que quando a gente já faz algo meio que esperando dar errado... Sabe a lei de Murphy né? No mais, eu desejo toda sorte! Com certeza em algum momento você vai se encontrar e se libertar desse fardo sem sofrer nenhum prejuízo por isso, às vezes é até uma lição da vida né, a gente nunca sabe como o mundo realmente funciona. Então, começa a pensar positivo, vou lhe obrigar! u.u E fico feliz quando aparece 420748 de comentários seus! Obrigada por sempre acompanhar o que escrevo, dou muito valor a isso! Bjão diva-linda-modelo-goxxtosa! <3

      Excluir
    3. Pois é.. e nem é só você que fala isso sobre SP... rs
      Acho que vou procurar outro lugar mesmo... haha

      Eu sempre faço pensamento positivo quando tento algo novo. Ou pelo menos tento. Mas aí nada acontece... Também acredito nessas coisas, por isso sempre tento pensar que vai dar tudo certo.

      Obrigada por acompanhar meus devaneios também.. haha
      bjin

      Excluir
  9. Nossa que saudades de passar por aqui, e já adorei a novidade, compartilho da mesma opinião, postar somente quando a vontade e inspiração aparecer é a melhor opção.
    E nossa sei como estar em um trabalho que não tem nada a ver com a gente dói, um trabalho policiador, de como é difícil sair da cama para ir a um lugar onde sabemos que não dá mais certo, que não tem nada de nós lá, e que pouco nos querem no mesmo lugar. E a sociedade é medíocre, mesmo sabendo da nossa capacidade, não nos dão uma oportunidade, preferem pessoas que estão ali preparadas para alguém colocar um chip de personalidade em suas mentes, e retirar e recolocar outro em um outro emprego. Mas querida, desejo o melhor para você, que essa maré passe, e novas águas boas e puras voltem para você.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, como você tava sumida! Que bom te ver de volta! ^^
      Mas tem que ser né.. fazer as coisas obrigada e sem vontade é ruim de mais.. ^^

      Nem me fale viu.. hora que meu despertador toca eu tenho vontade de chorar.. Primeiro porque é muito cedo e segundo porque já tá na hora de ir pro trabalho... Pois é.. eu não consigo entender isso sabe.. sempre vejo empresas falando que procuram por pessoas ousadas, criativas e coisas do tipo, mas no final o selecionado sempre é aquele mais conservador e manipulável... muito difícil isso...

      Obrigada! ^^
      Uma hora isso passa. Tem que passar! :)

      bjin

      Excluir
  10. É eu acho que o nosso Blog, antes de tudo tem que ser por amor e não por obrigação ! Devemos postar só quando estamos afim mesmo ! Adorei seu Bate Papo, foi muito bom "conversar" com você !
    Eu estou na "mesma" situação que você sobre o trabalho quero muito sair, estou meio que sufocada, cansada dessa rotina dessas mesmas pessoas, do mesmo serviço, mas como você disse é uma espada de dois gumes :(
    Desejo tudo de Bom ♥O Melhor de Mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tem que ser né.. fazer as coisas obrigada e sem vontade é ruim de mais.. ^^

      Que bom que gostou, adoro essa interação que posts assim permitem.

      É difícil né.. afinal os dois lados tem vantagens e desvantagens muito pesadas... mas uma hora tudo se resolve!

      Tudo de bom pra você também lindona!

      bjin

      Excluir
  11. Nossa Mone eu já me senti exatamente como você! Hoje estou feliz no meu trabalho, não é algo que eu queria fazer para o resto da minha vida, mas ainda não enjoei haha. E meus post são feitos daqui também, visito os outros blogs daqui também haha, como você. É complicada essa situação de não saber o que queremos da nossa vida, eu também estou assim, já sou formada não trabalho na área, faço curso, mas estou quase desistindo e tudo por não ter certeza do que quero.
    Te entendo também sobre o emprego, a nossa sociedade já melhorou muito em questão disso, mas ainda existe muito preconceito, o que é horrível! As pessoas são capazes de fazer tudo, e isso não é demonstrado pela nossa aparência, acho que deve ser por isso que odeio psicólogas de RH...
    Ah, eu gosto de post assim. É a vida real, a vida não é fácil, como muitos blogs tentam em nos mostrar nos seus posts fúteis. A vida é assim, vamos lutando e venceremos.


    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, adoro essa interação que posts assim permitem. ^^

      Pois é.. desse aqui eu to mais que enjoada viu... é muito difícil isso de não saber o que a gente quer né!? Parece que a gente nunca ta evoluindo nem saindo do lugar.. Uma sensação péssima...

      O povo fala que não tem mais preconceito, mas deixa só um tatuado de cabelo colorido procurar emprego pra ver... a cara feia ainda dá raiva... também odeio essas psicólogas de RH.. a gente nem abriu a boca na entrevista ainda e elas já estão olhando pra nossa cara com cara de reprovação, de pena, como se a gente fosse pior que alguém.. preguiça desse povo...

      Mas enfim, vamos continuar tentando né!? Como você disse, lutando venceremos. ^^
      bjin

      Excluir
  12. Já tentei isso de determinar um dia pra postar e me encontrei na mesma situação de se sentir presa e desmotivada e mesmo assim postar simplesmente por que havia me imposto que ia fazer isso, é um saco, faz tudo no seu tempo mesmo, posta quando der vontade que a gente vai continuar acompanhando e dando apoio e assim fica até mais divertido blogar. Quanto ao lance do seu serviço sempre ouvi falar o como é complicado essa vida "adulta" principalmente porque parece cada vez mais que pra conseguir um emprego temos ser no padrão de "normalidade" das empresas ou se contentar as vezes com serviços meia boca para não abandonarmos o que somos, mas continua tentando que mais cedo ou mais tarde tu vai achar algo que goste e que faça bem pra tua vida.

    Bejim
    http://vidadetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tem que ser né.. fazer as coisas obrigada e sem vontade é ruim de mais.. ^^

      Pois é... O povo fala que não tem mais preconceito, mas deixa só um tatuado de cabelo colorido procurar emprego pra ver... a cara feia ainda dá é raiva... até emprego mais ou menos ta difícil...
      Espero viu, porque essa coisa de não saber o que se quer da vida é muito ruim.. parece que a gente não ta saindo do lugar, não ta evoluindo...

      bjin

      Excluir
  13. Oi Mone sua linda! Também passei este feriado bem longe de internet, fui aproveitar a natureza maravilhosa que a vida agitada e cheia de obrigações sociais muitas vezes nos impede de perceber... E eu gosto também de posts assim!

    Então, sobre postar em dias marcados, eu não curto também não... quando me sinto pressionada para fazer algo parece que não flui...Eu fazia isso nos meus antigos blogs e definitivamente, tinha dias que eu levantava assim e não conseguia fazer nada. Daí eu dou uma pausa legal de uns 4 ou 5 dias para postar algo mais interessante. Não curto postar só por atualização. E eu achei a sua atitude valiosa, assim você posta por diversão, não por obrigação.

    Poste todos os dias, 1 vez por semana, atualize, mas da forma que bem entender. O melhor é não se prender ao blog, é deixar ele fluir livremente... E adoro blog assim!

    Enfim e sobre o seu trabalho, cara eu sei exatamente como você esta se sentindo... eu tava trabalhando ano passado e estava me sentindo exatamente desta forma. O pior é que além disso você tem dinheiro mas não tem tempo para curtir o dinheiro que você ganha. Pra você ter uma ideia, eu trabalhava a incríveis 22 km do meu trabalho, então eram quase 4 horas por dia dentro de ônibus... é foda... total de 11 horas dedicadas ao trabalho, pra chegar cansada e dormir 5 malditas horas que mais pareciam minutos... São Paulo não é de deus... Enfim, é desanimador e tenho praticamente o mesmo medo que você, porque as pessoas tem muito preconceito, as empresas ainda são conservadoras demais... É uma situação super delicada. Mas eu acredito no seu potencial!

    Espero que essa fase sombria passe!
    Beijos!


    madessy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gosta, adoro essa interação que posts assim permitem. ^^

      Mas é a verdade né.. fazer as coisas obrigada e sem vontade é ruim de mais... acho que quando as coisas são espontâneas e verdadeiras, fica muito melhor.

      Pois é menina... quantos km de distância eu não sei exatamente não, mas deve ser em torno disso aí também. gasto mais ou menos o mesmo tempo que você de ônibus+metrô. Agora que formei, até que tenho mais horas de sono. Mas meu problema sempre será levantar cedo.. cara, eu acordo as 4h45 da manhã pra ta no serviço às 7h30... saio igual um zumbi de casa, por mais que tenha dormido... rs

      Mas enfim, o jeito é ir tentando até aparecer outra coisa né...

      Também espero, viu!? ^^
      bjin

      Excluir
  14. Oi Si!
    Posso te chamar assim? Me chame de Ví ;)
    Eu li teu post assim que saiu, mas fiquei pensando em coisas inteligentes a te dizer, e não achava.
    Um vez um professor meu disse "não plante trigo onde planta rosas". Ele dizia que se a gente planta trigo com as rosas, na hora de colher a gente se pinica toda e estraga as roseiras. Se plantamos trigos somente, a vida fica sem graça. Se plantamos só as rosas, não comemos. Ele queria dizer para separar as coisas.
    Acho que todo mundo se sente um dia desanimado, de saco cheio mesmo. Normal, saudável. Tira este período para responder as tuas indagações e deixar fluir. O destino, eu creio, nos mostra onde ir.
    Não sei se falei algo inteligente, mas tentei hehehehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ví! Pode sim. ^^
      Tentou bem viu! Achei bem filosófico seu comentário... rs

      Pois é.. já tive outras fases assim, mas essa ta meio que durando de mais... mas enfim, uma hora tudo se resolve.

      Obrigada!
      bjin

      Excluir
  15. Eu também sou desse método: posto quando estou à fim. Programo caso no dia eu fique fora ou não vá entrar na web e tenha algum projeto. É ruim colocar regras, sabe? Senão fica muito mecânico. Embora eu curta alguns blogs que postam sempre no fim de semana - tipo resumo da semana e tal, mas é legal quando rola postagens mais espontâneas.

    E putz, emprego é uma coisa osso, super complicado quando começa a não rolar mais! E você está certíssima quando fala da sociedade preconceituosa em que vivemos. As pessoas dizem que a estética alternativa está mais aceita nas ruas, mas não está no meio corporativo!! Passo por isso direto, adoraria tentar pra x vagas de emprego, mas sei que com minha aparência, não tenho muitas opções. Com o cabelo rosa então... xiii... Então fico onde estou, ao menos me aceitam.

    Outra coisa que complica é que nem sempre o que queremos ser é o que temos a habilidade ou é o que vai nos dar grana/sustento. Ou ainda é algo que não temos a mínima certeza que vai dar certo.
    Eu, te confesso, que nunca soube o quis ser e ainda hoje não sei. Acho que como alternativos, queremos mesmo é ser livres e quando vemos que de fato, não nos encaixamos nessa sociedade ultrapassada, vem a angústia.
    Esses textos são bons porque as vezes aparecem leitores que te dão dicas ou que veem as coisas por outro ângulo. E quem sabe te dê uma luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tem que ser né.. fazer as coisas obrigada e sem vontade é ruim de mais.. acho que quando as coisas são espontâneas e verdadeiras, fica muito melhor. ^^

      Pois é.. pelo menos aqui o pessoal já ta acostumado com minha metamorfose ambulante e nunca questionou (apesar das brincadeirinhas bobas de vez em quando). E eu nem acho que a estética alternativa está tão mais aceita assim nas ruas não. Pode ter melhorado pouca coisa, mas ainda se vê muita gente trocando de lado na rua quando vê alguém diferente...

      Exatamente. Acho que você disse tudo. Minha vontade é ser livre. Poder testar tudo e conseguir me sustentar com qualquer coisa que eu tentasse. Não ter que ficar 3, 5, 10, 20 anos num mesmo emprego apenas vendo as coisas passarem. Se tem um pensamento que nunca sai da minha cabeça é esse de que eu realmente não me encaixo nesse mundo. Como sempre parece que estou no lugar errado. Que eu não pertenço a tudo isso...

      Verdade. Sempre tem alguém que pode dar um conselho bom. ^^

      bjin

      Excluir
  16. Gostei do desabafo, queria ter essa facilidade de me expressar dessa maneira guando algo me incomoda, também tenho me sentido sem paciência com o blog e as vezes simplesmente não consigo ver sentido nas coisas que antes me faziam bem, fico me sentindo uma poeta do mal-do-século, mas não sinta-se obrigada a postar ou comentar, eu também costumo fazer esse tipo de coisa, pois simplesmente tem dias que a gente precisa dá um tempo do mundo real e virtual e em relação a emprego eu só espero que você consigo algo melhor, pois sei o que é ter um trabalho tedioso ou querer comprar algo e não ter grana.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que só consigo me expressar tão bem escrevendo, porque sou péssima falando... me peça pra fazer um desabafo desse com um psicólogo, por exemplo, e eu saio de lá sem ter falado uma palavra... rs
      Mas é bom às vezes pelo menos tentar colocar essas coisas pra fora, porque acaba nos fazendo mal. E como a Sana disse ali em cima, talvez tem alguém que vê as coisas de outro ângulo e pode ajudar. ^^

      Também espero viu.. esse aqui já deu o que tinha que dar.

      bjin

      Excluir

♥ LEIA a postagem antes de comentar.
♥ Sua opinião é super importante pra mim, por isso não deixe de comentar.
♥ Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, é só deixar aí em baixo.
♥ Comentários ofensivos não serão aceitos. Serão excluídos e o usuário banido.