segunda-feira, 16 de maio de 2016

Livro: K. - Relato de uma Busca - Bernardo Kucinski

Oi gente!
Tudo bem com vocês?
Espero que sim! :)

E o final de semana, como foi?
O meu foi normal. Tudo igual, como sempre... rs
Só no desânimo pra fazer qualquer coisa. Até queria ter gravado vídeo, mas não tá rolando...

Mas enfim, vamos ao post e hoje, né!?
Depois de tanto tempo, trouxe mais um livro pra vocês. E pra falar a verdade, acho que não poderia existir momento mais oportuno do que esse que estamos vivendo politicamente para ler esse livro. Não é exatamente um livro sobre política. Ele é uma história real, mas contada em forma de ficção. Mas uma ficção que se mistura tão bem a uma realidade não muito distante que chega a dar medo.

K. - Relato de uma Busca é um livro sobre a busca de um pai por sua filha que foi dada como desaparecida na época da ditadura no Brasil. Acho que só com essa frase já dá pra imaginar como esse livro é pesado. E triste. Não pesado no sentido de descrever detalhadamente torturas e coisas do tipo, porque ele não faz isso, mas pesado no sentido de ver o sofrimento de quem fica. É uma outra perspectiva. Não o relato de um sobrevivente. Mas o relato de uma pessoa próxima a um não sobrevivente.

Antes de mais nada, vamos à sinopse do livro?

"K. - A busca de um pai pela filha desaparecida durante o regime militar brasileiro é o mote desse romance ímpar na literatura brasileira. Com um domínio técnico admirável, Kucinski constrói um elo com o leitor logo nas primeiras linhas, fazendo com que este, desconcertado, (re)viva o período de opressão e de torturas precisamente remontado por conta de uma narrativa pungente e avassaladora." (tirei essa sinopse do site Skoob)

Capa do livro

Nesse livro, Kucinski narra a história do próprio pai. Na época da ditadura militar no Brasil, sua irmã Ana Rosa foi uma presa política e dada como desaparecida até os dias de hoje. É um relato baseado em uma matéria real que misturada a um pouco de ficção deu origem a essa obra literária de tirar o fôlego.

K., o pai da desaparecida, passa o livro a procura de sua filha que desaparece inesperadamente. Ao começar uma busca sem referências acaba descobrindo coisas sobre sua filha que ele jamais poderia imaginar. Além do desespero da busca pela filha, o sentimento de culpa é uma coisa muito presente nesse livro também. Esse pai se sente culpado por não ter prestado atenção o suficiente em sua filha ao ponto de não perceber no que ela estava se metendo. E que ele só descobre a medida que a busca pela filha avança.

Além dos pensamentos do pai, também temos acesso a outros acontecimentos interligados a busca que nos mostram um pouco o que foi o período da ditadura. Torturas físicas e psicológicas, escárnio, humilhação, maldade, mentiras, covardia e crueldade. Tudo que existe de pior o ser humano. Podemos notar isso ao nos depararmos com as pistas falsas que tentam despistar os familiares em busca de seus parentes desaparecidos. A verdade é que todos sabem o que realmente aconteceu com seus entes queridos, mas todos se agarram à pequenas faiscas de esperanças falsas que não levam a lugar nenhum.

K. - Relato de uma busca é um livro pesado, triste e que nos dá bastante agonia ao ler. Aquela vontade de que tudo termine bem e logo ao mesmo tempo daquele sentimento iminente de tragédia. E pior, de uma tragédia real. Um sentimento de impotência e lamentação que vou te falar, é difícil de engolir.

E porque eu falei lá no começo de esse ter sido um momento oportuno para ler esse livro? Bom, porque pra falar a verdade eu tenho muito medo do que será da gente daqui pra frente. Eu vejo muitos sinais de uma possível ditadura disfarçada se aproximando. Estão fechando o cerco ao redor da nossa liberdade de expressão e dos nossos direitos e temo muito em breve vivermos um período muito difícil no nosso país. Desejo de coração estar errada. Mas só o futuro nos dirá o que será daqui pra frente, não é mesmo?

Enfim, é isso gente. Espero que tenham gostado da resenha. Só gostaria de acrescentar que, se ainda não perceberam, esse livro é uma literatura nacional. Como sempre nossos autores arrasando... ^^

E agora me contem, alguém já leu esse livro? Já ouviu falar? Se sim, o que acharam? Se não, ficaram com vontade de ler?


Beijos e até o próximo post! ;***



♥ Se gostou desse post, não se esqueça de seguir o blog e deixar seu comentário.
Assim você me ajuda na divulgação! :) ♥

Me siga nas redes sociais:
Follow me on the social medias:
| Facebook | Instagram | Youtube | Tumblr | Lookbook | Twitter |

6 comentários:

  1. Amei o a resenha.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
  2. nossa, deve ser um livro muito bom Mone! fiquei curiosa pela leitura!

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom sim Grazi. Vale a leitura ^^
      bjin

      Excluir
  3. Que legal Mone,parece bem interessante mesmo,eu nunca tinha ouvida falar sobre esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Literatura nacional nem sempre é conhecido né. Mas vale a pena a leitura. ^^
      bjin

      Excluir

♥ LEIA a postagem antes de comentar.
♥ Sua opinião é super importante pra mim, por isso não deixe de comentar.
♥ Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, é só deixar aí em baixo.
♥ Comentários ofensivos não serão aceitos. Serão excluídos e o usuário banido.